Sol, fonte maior de energia!


Postado em 07/nov/2017

A radiação solar é fonte primária de energia para os processos biológicos e meteorológicos que ocorrem na superfície terrestre. Quase todas as fontes de energia – hidráulica, biomassa, eólica, combustíveis fósseis e energia dos oceanos – são formas indiretas de energia solar.

É a partir da energia do Sol que se dá a evaporação, origem do ciclo das águas que possibilita o represamento e a consequente geração de eletricidade (hidroeletricidade).

 

A radiação solar também induz a circulação atmosférica em larga escala, provocando os ventos. Assim, também a energia eólica é uma forma indireta de manifestação da energia solar, já que os ventos se formam a partir da conversão da radiação solar em energia cinética, em função de um balanço diferenciado nas diferentes latitudes entre a radiação solar incidente e a radiação terrestre emitida.

Petróleo, carvão e gás natural foram gerados a partir de resíduos de plantas e animais que originalmente obtiveram do recurso solar a energia necessária ao seu desenvolvimento.

É também através da energia do Sol que a matéria orgânica, como a cana-de-açúcar, realiza a fotossíntese e se desenvolve para, posteriormente, ser transformada em combustível nas usinas.

Silício, segundo elemento mais abundante da Terra – 26 a 28% da crosta terrestre é formada por silício – é o principal componente das placas fotovoltaicas. Essas placas, quando projetadas corretamente, são capazes de gerar corrente elétrica de maneira limpa, silenciosa e em harmonia com a natureza.

A máxima energia elétrica gerada por um sistema fotovoltaico depende diretamente da irradiação solar incidente em seus painéis fotovoltaicos, portanto a modelagem deste componente assume papel central na modelagem de sistemas fotovoltaicos.

No sistema de geração fotovoltaico o investimento para análise de viabilidade é fundamentado através da previsão quantitativa da energia gerada, a qual depende de diversos fatores, desde a localização geográfica até a tecnologia de painéis utilizada.

Considerando todas estas variáveis, modelos de desempenho com auxílio de recursos computacionais são utilizados para estimar a potência gerada pelos sistemas fotovoltaicos.

Quer saber mais? A Azulare é especialista neste assunto!

Mais artigos:

Lucro para você e para o planeta

Atenção, comunidade: na Azulare, cada negócio fechado significa lucro para a natureza! É muito simples: para cada 1 kWp dos projetos vendidos, 2 mudas de árvores nativas serão doadas para o cliente! Além de economizar na conta de energia através da utilização dessa fonte limpa e inesgotável de energia que é o sol, o cliente […]

Leia mais

Conservando o clima do planeta

Em dezembro de 2015, quase todo o mundo (195 países, para ser exato) concordou em reduzir suas emissões de gases de efeito estufa e fazer sua parte para resolver a mudança climática como parte do marco do Acordo de Paris. Depois de anos de negociação e discussão, o mundo está mais perto do que nunca […]

Leia mais

Consumidores pagarão R$ 16 bi por subsídios da conta de luz

Foi decidido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira, 19/12/17,  que os consumidores de energia pagarão R$ 16 bilhões a mais nas contas de luz em 2018 para cobrir os custos com subsídios do setor elétrico. Esse valor representa um aumento de 22,71% em relação ao valor pago pelos consumidores de energia em 2017: […]

Leia mais

Promoção de aniversário!

No primeiro aniversário da Azulare, queremos agradecer a todos os amigos, clientes, parceiros e fornecedores que nos ajudam a realizar o nosso propósito de impulsionar a sintonia entre as pessoas e o planeta! Acreditamos verdadeiramente que podemos consumir os recursos naturais de forma a preservá-los para as gerações futuras, gerando o mínimo de impacto ambiental […]

Leia mais