Blog

Consumidores pagarão R$ 16 bi por subsídios da conta de luz

Foi decidido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira, 19/12/17,  que os consumidores de energia pagarão R$ 16 bilhões a mais nas contas de luz em 2018 para cobrir os custos com subsídios do setor elétrico. Esse valor representa um aumento de 22,71% em relação ao valor pago pelos consumidores de energia em 2017: R$ 13,03 bilhões.

Os recursos adicionais serão destinados à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), principal fundo do setor, que é paga por todos os consumidores de energia elétrica por meio das conta de luz. Esse fundo financia medidas como pagamento de indenizações a empresas; subsídio à conta de luz de famílias de baixa renda; compra de combustível para gerar energia em regiões isoladas e o programa Luz para Todos.

Além da alta nos subsídios, os reajustes anuais das distribuidoras de energia levem em conta outros fatores, como o uso de usinas térmicas para cobrir a falta de chuvas nos reservatórios das hidrelétricas. A estimativa da Aneel é que a medida leve a um aumento de 0,77% na tarifa dos consumidores das regiões Norte e Nordeste e de 2,72% para os consumidores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Na prática, o consumidor residencial paga um valor adicional para permitir que outros possam ter descontos tarifários. Todos os grupos beneficiados têm seus descontos assegurados por lei.

E você, o que acha dos contantes aumentos na tarifa de energia?

Concorda que está cada vez mais vantajoso investir na própria geração de energia?

Conte conosco e vamos juntos!